domingo, 7 de junho de 2009

33 – Os Graus na Maçonaria e a Árvore da Vida

Ser “LIVRE PENSADOR” é também ser um “BUSCADOR DE CONHECIMENTOS”.
Na “ARVORE DA VIDA” representada pelas 10 Sephirots e pelos 22 caminhos que as interligam, temos compostos 32 elementos. Cada um destes 32 elementos tem significados próprios, sendo que cada um destes elementos incorporam um CONHECIMENTO que pode ser transmitido de uma para outra pessoa. Há milênios de anos este conhecimento vem sendo transmitido de pessoa a pessoa, desde que foram transmitidos pelo G:.A:.D:.U:. a Moisés, e de Moisés a Josué, e este por sua vez transmitiu-a aos Anciãos, que sequencialmente a transmitiram aos Profetas, que finalmente a transmitiram-na aos Membros da Grande Sinagoga.
Utilizaram-se de códigos para preservar-se os segredos ocultos da KABALLAH ao longo de anos. O principal dos códigos é a ARVORE DA VIDA (Árvore das Sephirots), onde cada Sephira e o caminho entre elas, contém codificados ensinamentos próprios. Outros códigos utilizados ao longo dos tempos para guardar os conhecimentos contidos na Kabbalah foram a Astrologia , a Numerologia e o Tarot , etc. A Kabbalah tornou-se uma tradição criada para a transmissão do Conhecimento, abrangendo o micro e o macrocosmo.
Representou-se o MICRO (Adão Kadmom) e MACRO COSMO (Universo) nesta forma codificada.http://www.ordotrimegistus.net/portugues/portugues_page8/portugues_page8.html

32 elementos codificados e transmitidos ouvido a ouvido por séculos. Porém um conhecimento não pode ser transmitido homem a homem. É o conhecimento associado ao hipotético caminho 33. Este caminho só pode ser aprendido sozinho, cada um por si próprio. Se não dermos, individualmente, um primeiro passo na busca deste conhecimento, ele nunca nos será revelado. E depois deste primeiro passo, muitos outros serão necessários, individualmente. Este caminho é solitário e uno.
Na maçonaria, mais especificamente no REAA, trabalhamos modernamente com 33 graus. 33 e não 32. 33 e não 34, nem 21, nem qualquer outro número.
Pergunta-se? Por que 33 graus? Como buscadores do conhecimento universal não deveríamos buscar respostas para todas estas questões?
Serão meras coincidências os 33 graus do REAA e os 33 objetivos que buscamos alcançar nos conhecimentos ocultos na Árvore da Vida? Deixamos ao critério e LIVRE ARBÍTRIO de cada um o interesse e a busca pelas respostas.
E tem muito mais!

11 comentários:

Marcelo F. Antunes disse...

A 'entrega' da Árvore da Vida pelo G.'.A.'.D.'.U.'. à Moisés revela o fato de que os Dez Mandamentos vinham em 2 Tábuas de Pedra (Malkuth) com 5 Mandamentos em Cada Uma: Como a Árvore da Vida tem 32 Estâncias (10 Sephiroth e 22 Caminhos) que numerologicamente totalizam 3+2=5, resulta daí que para se Cumprir os Sublimes Desígnios do UNO temos que 'subir' a Árvore e também por Ela 'Descer'!

AREISFARIA disse...

Um complemento ao comentario do mestre Marcelo:
"A Árvore da Vida, como toda Árvore, nasce de uma Semente depositada na Terra e já adulta, 'deixa cair' suas próprias sementes na Terra para que se formem outras Árvores da Vida. Assim, quando O Criador entrega a Moisés os Dez Mandamentos em Duas Pedras, com 5 Mandamentos gravados em cada uma, e tendo a Árvore da Vida 32 Estâncias que
totalizam numerologicamente 3+2=5, indica ÊLE que o HOMEM saí de
Malkuth por uma Pedra (com 5 Mandamentos) e à Ela deve retornar até que possa, Êle Próprio, gravar a outra Pedra (com os 5 Mandamentos restantes), retornando pois a Malkuth, e assim completando o Ciclo Evolutivo."

Animação do mestre Marcelo ilustra
o 'TzimTzum, e ajuda a compreender o profundo simbolismo deste momento.
Sugiro uma visita à pagina de entrada do site < http://www.ordotrimegistus.net/assets/tzimtzum_medio.swf >

Victor Max Athayde disse...

em isaias fala em 50 graus e todos começa no 5 grau. e são 5 montes de 10 graus. incluindo mais 3 graus tem 13 23 33 43 53 esses 3 graus são a mentira o engano ea crençado nada esses 3 graus foram banido por Deus e o servo do senhor abita os 30 graus. muitos para no 20 alguns chega 50 e volta para 30 em montes nivelados aos olhos de Deus.

Merit disse...

33 caminhos da Árvore da Vida, 33 graus da maçonaria, 33 vértebras da coluna por onde a kundalini sobe até o chacra coronário quando tem-se o despertar da consciencia e elevação o homem às esferas superiores de energias cristicas!
a kundalini é acordada desatando os três nós que nos predem ao mundo material, praticando meditação yôga chegamos a castidade, amor universal e sabedoria.
esse é o grande legado das civilizações orientas, para nossa sociedade podre e decadente.

O FOCO disse...

eu segundo sua doutrina sou profano, mas estudo seus movimentos a algum tempo e sei que de alguma forma vocês são o bem mesmo que, hipoteticamente falando, sejam de forma indireta manipulados por uma autoridade desconhecida, pois não a conhecem em suas rasões mais profundas, tenho vontade de ser maçon um dia mesmo que toda conspiração de algum modo seja verdadeira,mas tenho muito a aprender e a retificar pois sou, como todo profano imensamente falho e tolo em alguns aspectos. Confio no meu potencial e sei que sou brilhante e superador de dificuldades, não importa o quanto são ou sua magnetude. tenho fé no ser hu8mano e sei que há um horizonte belo a ser contemplado. tenho apenas 17 anos, tenho origem familiar desestruturada, irrelevante na minha essencia de se4r pois ACREDITO no potencial do ser pensante.Que peguem seus compassos e venham,pois aqui esta a sabedoria: conheça a verdade e a verdade os libertarám, aluz da razão tem predominio sobre as trevas da ignorancia. "FAUGUSTOSS BLACK"

Anônimo disse...

a arvore é o mapa para retornarmos para o "palacio da luz", ela é a grande verdade da evolução humana, domina-la e entende-la traz ao iniciado o sentido real da vida.

Consistório Nº 1 disse...

Essa árvore nos deve despertar o interesse de permanecermos pesquisando-a e desvelando seus significados.

erick hirai disse...

meu nome e erick hirai moro na cidade de barretos-SP
minha alma tem sede de conhecimento
e sei que o mair segredo esta guardado junto aos maçons sei que devo ser convidado para que eu possa fazer parte da irmandade mas descobri que se tivermos algumas falhas durante nossas vidas estaremos bem distantes de sermos convidados mas e com grande humildade e respeito a ordem dos maçons que peço um pouco de conhecimento sobre quem realmente sou e o que realmente tenho que fazer para atrair uma vida melhor e mais digna para meus filhos pois aprendi muito com o passar do tempo mas acho que ou e azar ou estou no caminho errado pois tudo que faço para progredir acaba por nao dar certo alguem poderia pelo menos me dar uma resposta ou um ensinamento de como realmente sermos libertos dessa prizao mental e espiritual"""sou positivo e ja- li muitos livros enteressantes como a lei da atraçao-""a força e o poder cosmico do subconsciente entre outros mas nao sei se sou eu que estou sendo burro ou se isso nao ajuda em nada prcizo de um amigo para sasiar minha sede de conhecimento """"""atenciosamente"""erick hirai """sig-capricornio""

Aryeh Ben Yahuh disse...

Erick busque dentro de vc mesmo, nenhuma Ordem externa poderá te libertar, a verdadeira Ordem é a do EU SOU. A meditação e o Tantra combinados a uma vida ética , fara de você um Super-homem, um ser humano que é causa interna de suas próprias ações. A Árvore da Vida (as quatro) está dentro de você; os 32 Caminho mais 1 (o Daat oculto), encontra-se ao longo da Coluna Central de teu próprio corpo, são 33 câmaras secretas cujo celo somente O Cordeiro de D'us, o Fogo, o sagrado Shim, o Fogo Serpentino abre quando despertado. Leia as obras de Jorge Adoum, principalmente "As Chaves do Reino Interno" e de Z'ev Ben Shimon Halevi e os Kabblistas. Não esqueça que Ida e Pingala, são as duas colunas da direita e da esquerda, do Templo Homem, da Árvore da Vida. Transmutar esses dois Serafins ou Fogos em um única chama central, é o propósito da iniciação.

Fábio Viceli disse...

Mistificam o conhecimento puro da kabbalah, a luz é pura . Manipular ela . Vem do desejo de receber , do ego . Obtenção do conhecimento para favor próprio é a falsa luz Daath

Anônimo disse...

Se a ansiedade aqui te conduz, retira-te. Não serás bem vindo.
Se sois discimulado será descoberto.