terça-feira, 28 de julho de 2009

36 - Os ‘passos’ na Àrvore da Vida

Irmanados, vivenciamos a maçonaria numa jornada de muitos mistérios Nesta jornada, muitas são as curiosidades que encontramos na busca pelo lapidar da pedra bruta, que somos nós. Como buscadores dos conhecimentos ocultos na Árvore da Vida (Kabbalah), somos reconhecidos, no sentido plural, como “Adão Kadmon”. Caminhamos seguindo em frente, em passos evolutivos, ora em direção à direita, ora em direção à esquerda.

Da esplendida arte de Rosangela Cavalim, adaptamos uma inferência para a fonte da sabedoria, onde o buscador vai tomar da água do conhecimento.

Observe, na fonte da sabedoria, a figura central do HEXAGRAMA (Estrela de David), mostrado na matéria [31], que combina-se em em múltiplas superposições com HEXÁGONOS, dando origem à Árvore da Vida.

Neste momento, pergunto aos irmãos se já questionaram o “POR QUE” de cada passo que damos na evolutiva ‘escada de Jacó’? Se não somos robôs, é mister que conheçamos nosso destino fraterno. Com liberdade, auto-determinação, e fraterna colaboração dos mestres, precisamos saber: Para ONDE vamos? COMO vamos? QUANDO vamos? Se o irmão ainda não fez estas perguntas a si próprio, sugiro buscar respostas na arquitetura da Árvore da Vida, passada há milênios a Moisés, pelo G:.A:.D:.U:.

Como MESTRES precisamos conhecer desta fonte de conhecimentos, para levar a fraterna ajuda aos irmãos iniciantes. A você que já é M:.M:. pergunto: já bebeste da água do conhecimento da Árvore da Vida? Se você está encontrando dificuldades de entender os temas abordados neste BLOG, faça uma introspecção e questione-se. Certamente você já percebeu que tudo na maçonaria é tratado simbolicamente. E o maior dos simbolismos está representado na figura das 10 SEPHIROTS (Árvore da Vida). Note que são 10, não são 20, nem 30, nem qualquer outro número. São 10 (dez) como 10 são os mandamentos também recebidos por Moisés.

Observe a figura da Árvore da Vida. Cada círculo tem um símbolo. São 10 círculos (sephirots). Cada círculo tem uma letra em hebraico e um som próprios, que os representam na ‘àrvore’ Para alcançar o conhecimento de cada Sephira (no singular), e de cada caminho é preciso buscar os mistérios ocultos. É preciso laborar, num plano árduo para meros curiosos. O que você já conhece destes conhecimentos? Na Árvore da Vida podemos encontrar as respostas para todas as perguntas. Como um Adão Aprendiz você está ainda no primeiro plano, o da TERRA, com os pés fincados no chão (Sephira Malkut). Dela você vislumbra 3 (três) sephirots, e três caminhos. Aqui são três os seus objetivos a trilhar. De Malkut, observe e reflita sobre a importância do número três. Somente após entender o ‘sigil’ oculto em cada sephira e em cada caminho você estará apto a buscar outros objetivos.

E você meu irmão mestre. Já detém os conhecimentos dos mistérios ocultos nestes caminhos, assim como os daquelas sephirots onde terminam? Na maçonaria você os conheceu como ‘década maçônica”. Lembra-se?

Como companheiro, e depois como mestre você vai trilhar outros caminhos. Você vai precisar dar outros passos. É importante você conhecer o ‘por que’ de cada passo. Você se contenta, mecânicamente, em dar os passos que lhe são informados? Se ‘sim’ para você, estás perdendo o melhor das vivências. È como andar de trem com as janelas fechadas. Você jamais curtirá a beleza da natureza e o esplendor da vida lá de fora, que lhe é oculta sob as vendas do desconhecimento e da ignorância.

Cada detalhe, cada passo que damos tem um sentido agregado. Tem um símbolo, tem um significado.

Quem não sabe aonde vai, nunca saberá onde está, e corre o risco de não chegar a lugar algum!

Neste BLOG estimulamos a busca e o estudo individualizados. Damos somente uma pista, um anel da corrente, mas cada ‘buscador’ tem que garimpar por si próprio os detalhes desejados. Nas várias matérias somam-se várias ‘dicas’. Cada um faz o aprofundamento a seu modo, no seu ritmo, de acordo com suas bases de conhecimento individuais.

E tem muito mais, certamente!


Nenhum comentário: